Fernanda Paulo 018

Biografia

Fernanda Paulo nasceu em 1984 na cidade das Caldas da Rainha. É licenciada em Ciências da Comunicação pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e Mestre em Teatro – Artes Performativas (Teatro/Música) pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Frequenta actualmente o Master em Estudos Teatrais da Universidade Autónoma de Barcelona.

Estreou-se no teatro profissional com a peça “Lata”, de Pedro Ribeiro, apresentada no espaço Cinearte – Barraca em 2001. Desde então tem integrado o elenco de várias peças teatrais e musicais, das quais se destacam: “Wojtyla” com encenação de Matilde Trocado no Teatro Tivoli; “Fragmentos de um Adeus” com encenação de Claudio Hochman no Teatro del Abasto (Argentina); “Sonho de uma noite de Verão” e “Contos de Shakespeare”, com encenação de Claudio Hochman no Teatro Nacional Dona Maria II; “Saltimbancos” com encenação de Gabriel Villela no Teatro do Campo Alegre; “A Vidraça” e “Fungágá” com encenação de Claudio Hochman no Teatro da Trindade; “ O que faz falta” e “Fungágá MP3” com encenação de Claudio Hochman no Teatro Villaret; “O Burguês Fidalgo” com encenação de Claudio Hochman no Palácio de Beau-Séjour, entre outras.

Tem feito alguns trabalhos em televisão e em cinema, dos quais se destacam a participação no filme “A Falha” (2002) de João Mário Grilo e nas curtas metragens “Check-Out” (2010) e “Assassino de Lisboa”(2012) de Frederico Weinholtz.

Começou a cantar em festivais infanto-juvenis, frequentou o curso de canto da Escola de Música do Conservatório Nacional e, mais recentemente, tem desenvolvido alguns projectos musicais relacionados com o fado, cantando em diversos espectáculos e casas de fado. A sua carreira tem vindo a evoluir nos dois pólos artísticos, o do Teatro e o da Música, que se cruzam constantemente na maioria dos trabalhos em que participa.